Blog

Filtros das Empilhadeiras: Quando trocar?

Sempre reforçamos aqui no Blog a importância da manutenção diária e básica das máquinas antes de iniciar o expediente. Esse cuidados vão ajudar na prevenção de acidentes e melhorar a durabilidade e vida útil da empilhadeira.

No artigo de hoje vamos dar algumas dicas rápidas sobre os filtros, e os cuidados que devemos ter. É importante já ressaltar que a troca deles deve ser realizada por um profissional experiente, para não ter problemas.

Uma empilhadeira à combustão contém o filtro de ar que é responsável por filtrar o ar que é enviado para a combustão, e também o filtro de óleo que é responsável por deixar a mistura hidráulica limpa, por exemplo.

Quando trocar o filtro?

Quando falamos do filtro de ar, é possível perceber uma perda de potência por parte da combustão da empilhadeira, por que quando o ar que vai para a mistura é de má qualidade, pode acontecer acúmulo de resíduos dentro da câmara de explosão gerando assim uma menor explosão e consequentemente diminuindo a força do equipamento.

No caso do filtro de óleo hidráulico é essencial perceber se a empilhadeira está tendo maior esforço para levantar uma carga que antes era fácil. Isso é um sinal que algo não está certo com o líquido hidráulico, já nos filtros de transmissão é importante perceber a facilidade e leveza com qual cada marcha é alterada.

O ideal é que pelo menos a cada 2 dias os filtros sejam verificados para uma possível manutenção.

No mercado de empilhadeiras são praticadas algumas medidas de tempo, sugestões que podem variar de equipamento e operação mas que atuam como base para todas as empresas usarem:

Filtros de ar: Trocas a cada 250 horas de operação;
Filtro e óleo do motor: Troca a cada 200 horas;
Filtros e óleo de transmissão: Troca a cada 1000 horas;
Filtros hidráulicos: Troca a cada 2000 horas.

Importante dizer também que essa troca vai variar de acordo com o trabalho executado pela máquina e também pelas condições da empilhadeira.

Por isso é tão importante manter as manutenções em dia fazendo as manutenções preventivas e realizando checklists diários, anotando qualquer alteração, barulho ou movimento estranho que possa surgir, pois isso é um sinal que algo está errado com o equipamento.

 

 

Leave a comment